..

Rebocador naufragado no Porto de Santa Helena aguarda aprovação de plano de resgate

Rebocador naufragado no Porto de Santa Helena aguarda aprovação de plano de resgate

 

 

Da Redação/Rgl

 

O rebocador de uma balsa que faz a travessia entre o Brasil e o Paraguai pelo Lago de Itaipu, em Santa Helena, que afundou no dia 1º de novembro, continua naufragado. O acidente aconteceu quando a embarcação estava atracada no Porto Internacional de Santa Helena.

 

As causas do naufrágio e os responsáveis estão sendo apurados em um inquérito administrativo que foi aberto pela Capitania Fluvial do Rio Paraná. A perícia completa só será feita depois de o rebocador ser retirado do local.

Porém, já se passaram 12 dias, e o rebocador continua afundado. De acordo com o comandante da Capitania Fluvial do Rio Paraná, em Foz do Iguaçu, Capitão de Fragata Renato Ferreira Jácomo dos Santos, desde a data do naufrágio, estão sendo tomadas as providências para que a embarcação seja resgatada. Segundo o comandante Capitão Jácomo, o proprietário da embarcação foi orientado quanto as regras para acontecer o salvamento e contenção de possibilidades de vazamento de combustível e poluentes.

Segundo o procedimento, o proprietário deve apresentar um plano de salvamento, que já foi enviado a Capitania Fluvial do Rio Paraná, e remetido ao Comando do 8º Distrito Naval, autoridade responsável por autorizar o salvamento da embarcação, que faz a análise do plano de assistência e resgate e, a aprovação ou não aprovação, será feita somente na próxima semana.

Comentários
nenhum comentário
seja o primeiro a comentar esta matéria
Últimas Matérias

 
.