..

Armadilhas são entregues por agentes de saúde para combater mosquito da dengue

Armadilhas são entregues por agentes de saúde para combater mosquito da dengue

 

 

Da Redação/Assessoria

 

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Endemias, iniciou, na manhã de ontem (9), dia D combate à dengue, um teste com armadilhas para combater o mosquito da dengue. Os trabalhos iniciaram no bairro Vila Rica e a intenção é que todo o município receba duas armadilhas por imóvel.

A armadilha é feita de garrafa pet e deve ser deixada em pontos estratégicos, preferencialmente em locais mais escuros. O objetivo é atrair os mosquitos para dentro do recipiente que contém água e um tecido que impede a saída dos insetos após a reprodução, evitando que o mosquito coloque ovos em vasos de flor, por exemplo, ou em outros locais da casa.

O coordenador de Endemias, Rodrigo Refati, explica que as armadilhas serão monitoradas pelos agentes de saúde e não devem ser feitas por conta própria.

“Estamos fazendo um teste, cada imóvel será mapeado e terá acompanhamento da equipe de endemias, por isso orientamos a população a aguardar a nossa visita”, explica.

Secretária de Saúde

A Secretária de Saúde Luisa Soalheiro aproveitou a ocasião e esteve no ESF (Estratégia Saúde da Família) Dr. Eduardo Rodrigues do bairro Vila Rica para demonstrar às pessoas como funciona a armadilha.

“Iniciamos nossos trabalhos no bairro Vila Rica, por isso aproveitei a oportunidade e vim demonstrar a todos que estão no ESF”, diz a secretária.

Total de notificações de 01 de janeiro a 10 de março de 2017

44 notificações

Nenhum confirmado

Total de notificações de 01 de janeiro a 10 de março de 2016

Aproximadamente 700 notificações

300 confirmados

Boletim epidemiológico de 01 a 10 de março de 2017

O bairro da cidade com mais notificação é o São Luís, com 7 e o distrito é o de Sub-Sede, com 8.

Para o coordenador, Rodrigo Refati, os resultados até o momento são muito positivos comparados ao mesmo período do ano passado.

“Isso é o resultado do trabalho integrado das secretarias de Saúde, Obras e Agricultura, unidas no combate à dengue por meio de várias ações, como por exemplo, o Arrastão da Limpeza, realizado em todo o município. Destaco também o empenho dos agentes de saúde, sempre atentos”, ressalta.

Comentários
nenhum comentário
seja o primeiro a comentar esta matéria
Últimas Matérias

 
.