..

Santa Helena e lideranças estaduais comemoram proibição para extração de xisto pelo método do fracking

Santa Helena e lideranças estaduais comemoram proibição para extração de xisto pelo método do fracking

 

 

Da Redação/Rgl

 

A Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná, Caciopar, a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná, Faciap, junto com as associações comerciais comemorou a manutenção do veto parcial, votado na Assembleia Legislativa do Paraná, sobre o fracking. O veto reforça uma lei já sancionada pelo governador Beto Richa que estabelece uma moratória de dez anos para licenciamento de exploração de gás de xisto no Paraná pelo método fracking – o fraturamento hidráulico.

 

Em Santa Helena os vereadores também aprovaram no final de 2014 o Projeto de Lei que dispõe sobre a proibição da concessão de alvará e ou licença para a utilização do solo com a finalidade de exploração do gás de xisto, não convencional, pelo método da fratura hidráulica, “Fracking”.

A lei do veto protege a economia, as pessoas e as riquezas naturais e ambientais do Estado, segundo o presidente da Caciopar, Leoveraldo de Oliveira. A votação foi importante porque o fracking traria prejuízos para o estado.

Com o impedimento recomendado pelo Governo do Estado às pesquisas, durante o período de moratória, quaisquer testes de empresas ligadas à atividade serão consideradas ilegais e sujeitas a penalidades, como destaca Curtarelli de Oliveira.

Comentários
nenhum comentário
seja o primeiro a comentar esta matéria
Últimas Matérias

 
.