..

Assinados contratos do Programa Investe Santa Helena Fase III

Assinados contratos do Programa Investe Santa Helena Fase III

 

 

Da Redação/Assessoria

 

O valor total de juros custeados pela administração municipal é de 1 milhão de reais. O município estima que esse valor movimente de 3 a 4 milhões de reais no comércio local

Na manhã desta quarta-feira (28), no auditório da Prefeitura Municipal, o prefeito Airton Antonio Copatti assinou os contratos oficializando o lançamento do Programa Investe Santa Helena Fase III. No total, foram liberados 1 milhão de reais em juros, para as cooperativas credenciadas: Sicredi (cidade, São Roque, Sub-Sede), Sicoob e Uniprime.

O Programa Investe Santa Helena iniciou em 2015 e custeou 500 mil reais em juros no ano passado. Neste ano, o programa duplicou, passou por alteração no projeto de lei e aprovação orçamentária na Câmara de Vereadores de R$1 milhão de reais em juros, que serão custeados pela administração municipal.

“Esse valor aumentado gera uma impulsão no comércio, ajudando a construir uma Santa Helena melhor”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Associativismo, Lenecir José Benacchio.

Subsídios

De acordo com a lei do Investe Santa Helena, o município está autorizado a subsidiar juros de empréstimos tomados junto a Instituições Financeiras credenciadas para operacionalizar o programa. Desta forma, os empresários e profissionais liberais do município poderão acessar os recursos na agência de preferência. O valor máximo de captação é de até R$100.000 por beneficiado, respeitando os seguintes limites por categoria:

Microempreendedor Individual – MEI até R$10.000

Profissionais Liberais, com profissão regulamentada até R$30.000

Micro Empresas – ME até R$ 60.000

Empresas de Pequeno Porte – EPP até R$100.000

 

Critérios

O prazo máximo de prestações subsidiadas, nos termos desta Lei, será de até 48 meses. A carência máxima poderá ser de até três meses, a critério do agente financeiro contratado. Os interessados devem procurar a cooperativa credenciada.

Esta etapa do programa também prevê a aquisição de bens, produtos e serviços em Santa Helena. No caso de aquisição de equipamentos ou

máquinas que não tem no município, deverá ser autorizada a compra em outras cidades.

Segundo o prefeito Airton Antonio Copatti “o convênio vai atender a classe de empresários, gerando emprego e renda; este e outros programas são para impulsionar o crescimento econômico e social do município. Tenho a confiança que estamos trabalhando e trilhando o caminho certo para o desenvolvimento de Santa Helena”, destaca Copatti.

Comentários
nenhum comentário
seja o primeiro a comentar esta matéria
Últimas Matérias

 
.