..

Justiça condena ex- vereadores e servidores da Câmara de Santa Helena por uso indevido de diárias

Justiça condena ex- vereadores e servidores da Câmara de Santa Helena por uso indevido de diárias

 

Da Redação

 

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná em decisão em segundo graus de Apelação Cível e Reexame Necessário de processo que envolve o conhecido “ Escândalo das Dárias” na Câmara de Vereadores de Santa Helena, condenou 12 pessoas entre vereadores e servidores do Poder Legislativos no período de 2009 a 2012.

 

Neste período o presidente da Câmara era Jucerlei Sotoriva (PP), que na sequencia se elegeu prefeito da cidade. Na época opositores acusavam Juce de utilizar estrutura da câmara par angariar apoiadores a sua pré- candidatura contra a então prefeita do município, Rita Maria Schimidt (PSD).

 

A denúncia inicial foi protocolada junto ao Ministério Público pelo ex- vereador e atual secretário de Transportes da cidade, Celso Junges.

 

Na tarde desta terça-feira (3/10), por maioria de votos, o Tribunal deu provimento parcial a apelação do Ministério Público, para reformar em parte a sentença e julgar PROCEDENTE em parte a demanda.

 

Além de Jucerei Sotoriva, foram condenados os ex- vereadores Luiz Carlos de Camargo (DEM), Nelso José de Moura (PP), Sadi Turra (PMDB), João Pedro Noal(PSD), Marilaine Manica Brod (PSDB), Cleudir Pansera(PP), Sirli Tereza Cordova da Rosa (PMDB), e Valdonir Luiz Weizenmann (PSL),o Titi, que atuamente exerce o terceiro mandato de vereador e é pré- candidato a prefeito.

 

Outros servidores da Casa também foram condenados, Darinês Luis Wilssman, então diretor – geral e os ex- assessores Eder Rafael Dala Costa e Mauricio Zimmermann.

 

Outras duas pessoas, um ex- vereador e um ex- assessor que também foram denunciados, foram absolvidos. 

 

 

 

 

 

Comentários
nenhum comentário
seja o primeiro a comentar esta matéria
Últimas Matérias

 
.